Rodrigo Savazoni

Jornalista, escritor e realizador multimídia

A CULTURA DIGITAL NO MINISTÉRIO DA CULTURA

Fiz uma fala desrespeitando os cinco minutos que me foram oferecidos no debate sobre #culturadigitalbr lembrando que hoje estamos, publicamente, restabelecendo o espaço de diálogo entre o Ministério da Cultura e as forças vivas que atuam no campo da cultura digital.

Reiniciamos esse diálogo sabendo que parte do movimento que construiu pontes com a gestão Gil-Juca não se reconhece no atual governo e, embora respeite o legado da época Lula, não se dispõe mais ao diálogo. Portanto, é o momento de escuta atenta e a construção de um possível novo pacto de confiança. Retomar a ousadia. Inventar novas formas de fazer o que precisa ser feito. E sobretudo, momento de ter coragem de enfrentar a construção institucional, para além do Ministério da Cultura.

Não temos um fundo de fomento à cultura e arte digital; não temos uma instituição federal que trabalhe continuamente essa agenda (o cinema por exemplo tem quatro), não temos acesso aos mecanismos de fomento vindos da Ciência e Tecnologia (porque somos leves demais para o sistema duro que vigora), não temos uma lei nacional de incentivo à produção de software livre (nem recursos para isso); não temos uma visão atualizada dos desafios que estão postos, orgânica e estruturada. Vivemos, atualmente, um deserto institucional na área da #culturadigitalbr.

Portanto, o que nos resta é mãos à obra. E não será fácil….

Também aproveito para compartilhar alguns links colhidos internacionalmente, que são elementos para contribuir com esse novo radar do Ministério da Cultura.

Digital Culture Research Report – Inglaterra

Digital Culture Annual Report – Espanha

Quem aqui já conhece o projeto Educação na Cultura Digital do Ministério da Educação?

Acesse no http://educacaonaculturadigital.mec.gov.br/

COMENTE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *